BUQUÊ DE NOIVA


O buquê é um acessório indispensável para a noiva no seu grande dia, pelo menos na minha humilde opinião. Ele pode ser de várias cores e modelos, que vão de acordo com o gosto e personalidade da noiva e pode ser escolhido por razões de ordem decorativa, simbólica, pelo modelo do vestido ou de acordo com a cerimônia. Geralmente sua cor serve de base para as flores usadas na decoração da cerimônia e da recepção. Atualmente, algumas noivas estão substituindo as flores naturais por outros elementos, como flores artificiais, pérolas e até joias.

1. ORIGEM

Ao que tudo indica, essa tradição começou na Grécia Antiga, onde o buquê era formado por ervas e alho, para atrair bons fluidos e afastar o mau-olhado.

Já na Idade Média, as noivas caminhavam até a igreja, e durante esse trajeto recebiam flores, ervas e temperos como desejo de sorte e felicidade, formando assim o buquê, ao chegar à igreja.

No século XIX, na Época Vitoriana, criou-se a “Linguagem das Flores”, pois era impróprio declarar abertamente seus sentimentos, então, essa espécie de linguagem foi criada para que as intenções fossem demonstradas sem falar uma palavra, daí eles passaram a ser escolhidos de acordo com o significado das flores.

Na Polônia, colocavam açúcar no buquê, acreditando-se que o temperamento da noiva se manteria “doce” ao longo da união. 

Na Europa os arranjos se tornaram mais sofisticados, com flores exóticas.

Outra curiosidade é que as noivas confeccionavam dois buquês antigamente, onde um era abençoado por um sacerdote e guardado numa redoma de vidro, que ficava exposto na sala ou no quarto do casal e o outro era jogado para as solteiras na festa, onde a que pegar poderá ser a próxima a casar ou terá uma vida próspera.


2. TRADIÇÃO

A tradição de jogar o buquê surgiu em meados do século XIV, na França, para substituir uma prática mais antiga e um tanto desagradável, digamos, onde as solteiras arrancavam um pedaço de tecido do vestido da noiva para ter sorte ao buscar um amor. Graças a Deus isso acabou e hoje o arremesso do buquê é um momento de diversão da festa e as noivas preservam seu vestido intacto.

3. FORMATOS

Como já mencionei no início, os buquês podem ser de diversos tipos, de acordo com a noiva, cerimônia e outras coisas.

Seguem os modelos mais escolhidos:

ARREDONDADO: O queridinho das noivas! Pode ter um formato redondo todo certinho ou despojado e ser feito com um ou vários tipos de flores. Pode conter folhagens.

Indicado para: Silhueta Equilibrada
Baixinha e Magra
Alta e Magra

As noivas altas devem escolher um tamanho maior e as baixas um mais compacto.



ASSIMÉTRICO: As flores são dispostas de maneira aleatória, mas harmoniosa. Geralmente formado por um mix de flores e folhagens. É um modelo moderno e ousado! 

Indicado para: Todas as silhuetas.

As noivas altas devem optar pelos modelos maiores e as baixas pelos modelos menores.



BRAÇADA: Feito com maço de flores de caules longos, deve ser carregado apoiado no antebraço. Este modelo é estiloso e perfeito para casamentos diurnos.

Indicado para: Silhueta Equilibrada
Gordinha Alta
Alta e Magra


CASCATA: As flores são dispostas formando uma queda natural e se parece muito com um cacho de uva. Clássico e perfeito para casamentos à noite.

Indicado para: Silhueta Equilibrada
Baixinha e Magra
Gordinha e Alta
Alta e Magra

Noivas baixas devem usar as cascatas menores.


E aí meninas, vocês escolheriam qual?

Ps: Todas as imagens foram retiradas da internet.

Espero que gostem, por hoje é só, beijos da Fê!


9 comentários:

  1. Oi!!
    Que interessante 😀
    Eu gostei de todos ❤ são lindos.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Olá Joana D'arc! A gente nunca imagina as historias que tem por trás das coisas, neh!? Fica difícil escolher mesmo! kkkkk. Obrigada pelo carinho, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Achei bem interessante saber que o buquê deve ser escolhido de acordo com a silhueta da noiva!! Quando casei o meu foi bem simples, mas se fosse casar hoje, escolheria o terceiro, pelo que entendi serve para todas as silhuetas!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Pois é, Cidália, eu também não sabia, descobri pra escrever pra vocês e achei super bacana, embora essa escolha também seja bastante pessoal, pois tem noiva que não liga pra esses "detalhes", mais o que vale é o amor, né non!? Beijos e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  5. Que amor saber a origem e a história dos buquês. Achei super interessante <3

    www.aromadecachos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, muito obrigada, Mari, pelo carinho e feedback! Fico feliz que tenha gostado, beijos!

      Excluir
  6. Buquês mais lindos! adorei saber mais sobre a história bjo

    ResponderExcluir
  7. Também achei, Cibele! Fico feliz que tenha gostado! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. thanks so much for your information of bride handing flowers, and I want to introduce you beautiful curtain patterns.I hope you could love this .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...